MENSAGEM
 
É com muita atenção e esmero que estamos preparando este congresso para você.

Queremos proporcionar uma experiência extremamente proveitosa cientificamente e desejamos que todos possam desfrutar de um convívio prazeroso em atividades sociais e culturais alegres e descontraídas, em que poderão conhecer melhor a cultura e os talentos artísticos de São José do Rio Preto.

Renomados colegas nacionais e internacionais estarão participando do congresso. A sua presença é indispensável para o sucesso deste evento.
Estamos todos engajados e comprometidos em preparar o nosso Congresso Paulista de Educação Médica para atender aos anseios da classe docente, trazendo informações inovadoras que possam melhorar a nossa prática diária. Sentimo-nos privilegiados por termos sido escolhidos para organizar e sediar esse evento no interior do estado.

O tema central do nosso congresso será “Como formar médicos no Brasil frente aos atuais desafios da saúde”. Pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença. Juntos, poderemos contribuir para uma formação médica melhor. Maktub!

Esperamos por você!


Sérgio Luis Aparecido Brienze
Presidente do Congresso.






A ABEM, nos seus quase 52 anos de existência, tem sempre buscado o aprimoramento da Educação  médica no Brasil. Com seu novo estatuto, implantado a partir do COBEM de 2012, em São Paulo, as regionais ganham mais autonomia e responsabilidade, na implementação de sua missão: “Desenvolver a educação médica visando a formação de um profissional capaz de atender às necessidades de saúde da população e contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.”
 
Neste CPEM, cujo tema é “ Como formar médicos no Brasil frente aos atuais desafios da saúde”, e diante da recente aprovação da lei 12.871, em 22/10/2013 (ex-MP 621), convidamos todas as escolas médicas, a participar e discutir os rumos da Educação Médica, no Brasil e particularmente no Estado de São Paulo. Nosso estado é o que tem o maior número de escolas médicas no país, o que aumenta nossas preocupações e responsabilidades. De acordo com a visão que a ABEM tem de si mesma, queremos: “ser reconhecida como a principal protagonista de melhorias na educação médica brasileira, representante de seus associados, influenciando as políticas públicas de educação e saúde.”  Para alcançar essa visão proposta pela ABEM, precisamos da participação do maior número possível de escolas e instituições envolvidas no ensino médico,  e de todos com seus diferentes atores: discentes, médicos residentes, preceptores, técnicos, gestores, docentes, coordenadores de curso, diretores e todos os demais profissionais envolvidos com o ensino médico, seja de graduação, residência médica e pós-graduação.
 
A força, e o protagonismo da ABEM são ideais que somente serão alcançados com a colaboração de cada um de nós; daí o nosso convite a todos, instituições e indivíduos: venham a São José do Rio Preto para o 9° CPEM, associem-se,  e sejam muito bem-vindos a participar ativamente da nossa associação!
 
“Education is the most powerful weapon which you can use to change the
world”  N. Mandela
 
Talvez não sejamos capazes de mudar o mundo, como o grande Nelson Mandela, mas queremos, juntos, mudar a Educação Médica no Brasil.
 
 
Lucia Christina Iochida
Diretora da Regional São Paulo - ABEM